Apresentação da Equipa

Encontro-->Todos os domingos ás 08h30 em frente da Câmara Municipal da Maia.

Somos um grupo de BTT amador que existe desde Outubro de 2007, constituída por um grupo de Amigos que valoriza a prática deste desporto e as voltas domingueiras no norte país. A equipa terá como objectivos para o ano de 2012/2013 adquirir novos elementos. Queremos fazer crescer ainda mais este grupo, se gostas de BTT e te identificas com o conceito saudável e de companheirismo com o qual nos identificamos aparece, serás bem recebido.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Maratona Agueda, 10 Julho 2011






A maratona de Agueda foi o meu 1º desafio em termos de maratona completa. Objectivo, chegar ao fim dos 78km e mais de 2000m de acumulado.
O dia estava óptimo para prática de desporto. Um dia meio solarengo meio nublado com temperaturas amenas a permitir efectuar o passeio relaxadamente. Os “prós” da maratona, federados e não federados, arrancaram as 9h30, dez minutos antes da meia-maratona para evitar engarrafamentos. Os primeiros 25km foram comuns a ambas opções (meia e maratona) até a praia fluvial do Alfusqueiro, zona de beleza natural e lazer muito apelativas (na foto). Ate aqui tudo muito rolante e a grande velocidade, muita descida rápida e estradões mais ou menos abertos. Depois é sempre a subir ate aos 300m de altitude, zona da separação das maratonas. A direita para a meia (para meninos) e a esquerda para a maratona (para rapazes).
Quando cheguei a essa bifurcação e apesar de estar destemido em seguir o objectivo inicial ainda ponderei ficar pela meia. Mas num golpe de maluqueira atirei-me para a maratona sozinho pois os meus compadres ligaram o turbo e deixaram-me desamparado. Mesmo assim arrisquei e la fui eu sempre a subir até aos 500m de altitude. Como a inclinação era aceitável fui sempre a pedalar em cima da “bina”. É um excelente treino de resistência pois são mais de 10km a subir desde o nível 0 até aos 500m. Depois veio a merecida descida alucinante a alta velocidade pois as curvas eram estilo “nascar” inclinadas ajudando na tracção nas curvas. Muito cool! Logo a seguir veio o calvário, nova subida desta feita ate aos 700m de altitude com inclinações dignas de um todo terreno. Fi-la até aos 500m onde fui apanhado pelos motards que estavam a “limpar” o trilho.
Acabei aí mesmo a aventura, numa zona de abastecimento, não por falta de vontade ou de ou de pernas (apesar dos músculos estarem bem durinhos) mas por falta de companhia pois seria uma seca fazer o resto da maratona sozinho. Fiz 35km, em 3h15, mais de 1000 de acumulado, cerca de metade do percurso.
Regressei a meta a alta velocidade em cima de uma pick-up Toyota hilux, do “Prledisente da Juntaa” . Ainda cheguei ao mesmo tempo do vencedor da maratona que passou mesmo ao meu lado a grande velocidade e separado por segundos do 2º classificado. Espectacular!
Para o ano vou fazer mesmo a completa, nem que leve um cão para fazer companhia, o amigo mais fiel do homem.

2 comentários:

Asantix disse...

Muito bem Jorge,excelente relato, até me pôs as lágrimas a correr de tanto me rir.

Como dizes foi a tua grande e primeira maratona daí o meu não espanto do que te aconteceu.Acontece a TODOS que andam por este desporto,quantas vezes acabei em cima do carro vassoura!!!

Agora a parte final da tua prestação e relatório é bombástica,Eu imagino-te a desfrutar a ultrapassagem pelo 1º da maratona,Tu de Pik Up e ele de bike, só mesmo tu para o escreveres.
Obrigado pela partilha.
Abraço
ASantix

JLatino disse...

Santos, obrigado pelos comentarios. Acho que o importante é participar e brincar com as nossas propias "desgraças". Acredita que me diverti tanto na maratona como a escrever este resumo. Forte abraço. Jorge